Tema de redação: A NECESSIDADE DO PROGRESSO E AS IMPLICAÇÕES DO LIXO NAS CONDIÇÕES DE VIDA NO PLANETA

Sucata pós-moderna

À já extensa lista de problemas ambientais que enfrentamos adiciona-se um novo item: o lixo eletrônico. Ignorado pela maioria dos consumidores, o destino final de aparelhos como computadores, telefones celulares e televisores representa grave ameaça à saúde do planeta, pois eles contêm elementos químicos tóxicos em seus componentes.

O lixo eletrônico é mais um produto da moderna sociedade de consumo, que se firma sobre um modelo totalmente insustentável. Aparelhos de telefone, produtos de informática, eletrodomésticos, equipamentos médico hospitalares e até brinquedos são alguns dos novos vilões do meio ambiente.

A reciclagem desse material pode ser vista de duas maneiras: uma boa, outra ruim. A boa é que muitos aparelhos têm grande potencial para reciclagem, devido à presença de metais preciosos em alguns circuitos eletrônicos. A ruim é que esse potencial raramente é explorado, uma vez que reciclar lixo eletrônico é um desafio.

KUGLER, Henrique. Revista Ciência Hoje. Rio de Janeiro: Instituto Ciência Hoje. 30 jun. 2008, p. 38 (Adaptado).

 

O progresso melhorou a vida da humanidade, mas criou muitos problemas. A acumulação do lixo é inevitável, faz parte do mundo atual e não para de crescer e se multiplicar, com novos e problemáticos ingredientes. Uma questão do nosso tempo é o que fazer com o espantoso volume de detritos — sacolas plásticas, garrafas pet, placas e teclados de computadores, celulares etc. — de modo a evitar o prejuízo à saúde humana e ao meio ambiente, além de transformá-los em riqueza.

 

Tomando como ponto de partida essas reflexões, elabore um texto dissertativo-argumentativo, em que se discuta A POLÊMICA ENTRE A NECESSIDADE DO PROGRESSO E AS IMPLICAÇÕES DO LIXO NAS CONDIÇÕES DE VIDA NO PLANETA. Justifique sua posição com argumentos.

 

Instruções:

No desenvolvimento do tema, o candidato deverá:

a) demonstrar domínio da escrita padrão;

b) manter a abordagem nos limites da proposta;

c) redigir o texto no modo dissertativo-argumentativo. Não serão aceitos textos narrativos nem poemas;

d) demonstrar capacidade de seleção, organização e relação de argumentos, fatos e opiniões para defender seu ponto de vista.

Apresentação da redação

a) O texto deverá ter, no mínimo, 25 linhas e, no máximo 30 linhas, mantendo-se no limite de espaço para a Redação.

b) O texto definitivo deverá ser passado para a Folha de Resposta (o texto da Folha de Rascunho não será considerado), com caneta esferográfica transparente de tinta na cor preta e em letra legível.

c) A Redação não deve ser identificada, por meio de assinatura ou qualquer outro sinal.

Será atribuída nota ZERO à Redação do candidato que:

a) fugir ao tipo de texto em prosa dissertativo-argumentativo;

b) fugir ao tema proposto;

c) apresentar texto sob forma não articulada verbalmente em língua portuguesa (apenas com desenhos, números e palavras soltas ou em forma de verso);

d) for produzida com menos de 15 (quinze) linhas;

e) for assinada e/ou apresentar qualquer sinal que, de alguma forma, possibilite a identificação do candidato;

f) for escrita a lápis, em parte ou na sua totalidade.
Fonte da proposta: Concurso- Caixa Econômica Federal 2012
Disponível em: http://www.cesgranrio.org.br/pdf/caixa0112_m/tbn_gab1.pdf

Claudio Bertode

Formado em Letras pela Universidade de Brasília, Cláudio Bertode é Poeta, Cronista e Educador na Rede Pública e Privada do Estado de Goiás.