Tema de redação: a falta de credibilidade dos políticos no Brasil

O que leva as pessoas a escolherem aventureiros para exercer cargos políticos? O exemplo do palhaço Tiririca e outros mostram que há uma tendência. São muitas as pessoas que se aventuraram na política sem ter experiência no assunto. Porém, quem decide se essa aventura vai seguir adiante é o eleitor. Ele, com seu poder de voto escolhe seus representantes. A classe politica diante de todo o panorama de impunidade, de corrupção, de desperdício de dinheiro público. Dessa falta de credibilidade, vem o chamado voto de protesto. A descrença do eleitor faz com que ele escolha sem qualidade, até por que a justiça não faz sua parte na hora de punir os chamados criminosos de colarinho branco.
tiririca-congressoDe
Kiko do KLB, Marcelinho Carioca, Mulher Melão, Mulher Pêra, Reginaldo Rossi, Tati Quebra-Barraco. A lista de candidatos folclóricos não para por aí. Alguns deles conseguiram se eleger nas últimas eleições. Outros, voltaram à carreira artística e, provavelmente, voltarão no ano que vem. Mas isso tudo é apenas para apresentar mais um exemplo de candidato que tem tudo para aparecer nos programas de televisão: Everson Silva. Antes disso, vejam o vídeo abaixo:

 

 

O texto sobre este jovem é adaptado da reportagem da revista Veja. Everson Silva é filho do deputado federal Tiririca (PR-SP) e pode ser o mais novo humorista a integrar os quadros políticos. Aos 26 anos, o chamado palhaço Tirulipa filiou-se ao PSB e será candidato a vereador em Fortaleza nas eleições de 2012.
Abaixo você encontrará a entrevista que o filho do Tiririca concedeu ao site de VEJA durante o intervalo da gravação do programa “Show do Tom”, da TV Record. O palhaço disse que levará o humor “a sério” e que pretende “revolucionar” a política.
Caso o senhor seja eleito, quais projetos pretende apresentar? Vou brigar pela cultura. Tenho o circo do Tirulipa e faço trabalhos culturais e sociais há três anos em Fortaleza. Estou aí para brigar, sou de família circense, nasci e fui criado dentro de uma barraca de circo. Estou entrando nessa briga para revolucionar.
Acha que será um fenômeno de votos, como seu pai? Não estou pensando nesse sentido, quero poder brigar pela cultura e pelo humor. Quero levar o humor a sério, no bom sentido, entreter as crianças com teatro, com dança. Quero levar a juventude para um caminho legal. Mas vou começar devagarinho.
O que o Tiririca achou da sua decisão? Meu pai falou: “A decisão é sua, você faz o que achar melhor. Quero deixá-lo à vontade para escolher o que achar melhor. Se você quer, beleza, estou aqui e boa sorte. Vou te apoiar independentemente do partido que você escolheu. Vá em frente”.
Por que decidiu se filiar ao PSB, que é oposição do PR, legenda de seu pai, no Ceará? Me identifiquei muito com o partido, com o trabalho do governador Cid Gomes. Recebi proposta de outros partidos, como o PR, mas me identifiquei mais com o PSB.
O Tiririca já lhe passou alguma dica de como se portar como político? Não conversei com ele ainda, porque foi tudo muito rápido. A gente esperou até a última hora para se filiar, porque era para ser uma surpresa.

PROPOSTA DE REDAÇÃO

Redija um texto dissertativo que argumente de forma coerente sobre os critérios que levam o eleitor a escolher um candidato sem ter nenhuma experiência política. Quais critérios os eleitores utilizam? O que esperam deles? Estaria a política passando por uma fase sem credibilidade?
Instruções para a proposta
  • Escreva, no máximo, 30 linhas;
  • Use caneta azul escuro ou preta;
  • Fundamente sua discussão de forma concreta.

 

 

Fonte: propostasderedacao

Claudio Bertode

Formado em Letras pela Universidade de Brasília, Cláudio Bertode é Poeta, Cronista e Educador na Rede Pública e Privada do Estado de Goiás.