Motivo de não ser mais poeta

Meu amigo C.J.S,
Que mulher é essa desse olhar tão castanho?

Depois daquele olhar não há mais por que
fazer versos, não é verdade?
É por isso que você não escreve mais?




Ah! mas cadê suas farpas?
cadê suas facas?
cadê suas armas?

Você não é mais de guerra?
Então beba seu vinho!
Espere que a noite faça seu joguete.
Deixe que a noite reconcilie as coisas sem nome...
Ah! mas você duvida?

Claudio Bertode

Formado em Letras pela Universidade de Brasília, Cláudio Bertode é Poeta, Cronista e Educador na Rede Pública e Privada do Estado de Goiás.