Mulher quer ter as pernas amputadas por medo de varizes…

Claire Jones, branca, no auge de seus 39 aninhos, mãe de 3 filhos, não consegue ver as varizes em suas pernas e quer que os médicos amputem suas pernas.

 

As pernas de Claire são saudabilíssimas, o que deixou os médicos ainda mais espantados com o pedido. 'Eu, na verdade, supliquei para tirarem minhas pernas', conta Claire Foto: Reprodução (Daily Mail)

Segundo os médicos, trata-se de uma fobia não muito comum e que ataca três em dez adultos e é mais comum em entre mulheres. Essa britânica afirma que treme, sua e não consegue se concentrar ao ver varizes na perna dela ou de qualquer outra pessoa. Em claire, o pânico é tão forte que ela simplesmente quer abrir mão de se locomover. Prefere viver sem pernas do que continuar acometida com o que ela julga ser um grande problema.

Como assim? Seis anos? 'Fui ao dentista. Fiz uma operação e acabou sangrando muito. Me explicaram que foram as veias. Desde então, acho que comecei a ter medo de ver qualquer veia no corpo que aparecesse' 

Como começaram a surgir varizes na perna dela há três anos, Claire fez o apelo radical aos médicos: quer que suas pernas sejam amputadas

As pernas de Claire são saudabilíssimas, o que deixou os médicos ainda mais espantados com o pedido. “Eu, na verdade, supliquei para tirarem minhas pernas”, conta Claire

“Não consigo ver as minhas varizes nem as das outras mulheres. Costumo até mudar de calçada, atravessando a rua, para não passar perto de uma mulher com varizes”, diz ao jornal britânico Daily Mail

 

“Eu não consigo nem nadar com minha filha, com medo de ver as minhas pernas, nem das outras pessoas”, lamenta Claire. Ela lembra que tem crises de ansiedade quando nota as veias saltadas no corpo e passa mal

 

“Já fui internada várias vezes por causa das crises, Fico até sem conseguir respirar”, diz ela.

Claire revelou ao jornal britânico que começou a ter fobia de varizes aos, imagine, seis anos.

Como assim? Seis anos? “Fui ao dentista. Fiz uma operação e acabou sangrando muito. Me explicaram que foram as veias. Desde então, acho que comecei a ter medo de ver qualquer veia no corpo que aparecesse”

A mãe dela tinha varizes, o que, segundo Claire, pode ter “influenciado” na fobia. “Por isso minha mãe sempre usava calças perto de mim, para evitar minha crises”, afirma. A britânica está fazendo terapia para tentar acabar com a fobia. Mas ela continua com a ideia fixa de fazer a operação de amputar as pernas

Claro que nenhum médico topa fazer a cirurgia radical. Mas Claire confessa que tem vontade de recorrer a soluções alternativas, como procurar médicos clandestinos.

Muito tenso. Cada um julgue como quiser.

 

 

 

 

 

 

Claudio Bertode

Formado em Letras pela Universidade de Brasília, Cláudio Bertode é Poeta, Cronista e Educador na Rede Pública e Privada do Estado de Goiás.