MINISTRO QUER CORTAR GASTOS LANCHANDO APENAS 198 MIL POR ANO

O Ministério da Educação (MEC) divulgou edital de licitação que prevê gastos de até R$ 198 mil por ano, para o ministro Mendonça Filho e sua equipe possam lanchar enquanto voam nos jatinhos da FAB

ministro-da-educacao

Depois dos trocadilhos infames com seu nome, e diante de tantos mimimis em relação ao seu uso de mesóclises, Temer resolve mostrar que o Brasil precisa é de contenção de gastos. E para provar que os críticos da Pepeca, quer dizer da PEC 241, estão totalmente errados.

Michel Temer resolveu mostrar que está cortando na própria carne, aliás, resolveu cortar na merenda do Ministro da Educação, o Sr. Mendonça Filho.  Desta feita, foi publicado o edital de licitação que prevê um gasto de no máximo 198 mil por ano para que o nosso amigo Mendonça e sua equipe possam lanchar enquanto voam nos jatinhos da FAB; segundo o edital, despesas são para promover o “conforto” do ministro; no cardápio, o termo de referência prevê bandejas de frutas, saladas caprese ou de macarrão, carnes e até frutos do mar, caso nosso querido Ministro que está fazendo esse sacrifício para ajudar o Brasil a sair de vez dessa crise financeira.

Com essa medida, Temer espera que cessem as críticas de que suas medidas de contenção de gastos só afetam os serviços básicos dos pobres como educação pública e saúde.

De nossa parte, acreditamos que não haja mais motivos para críticas aos dispêndios e farras com dinheiro público por parte do governo. E Temer ainda enfatiza que com a nova PEC, esse valor vai ser congelado e apenas reajustado pelo IPCA que fica por volta de 5%.

O Ministro está feliz que só vendo, por estar ajudando o País nessa fase difícil e, inclusive, já pensa em tentar uma seleção com a equipe do guinness book, para provar que é possível, sim, lanchar quase 200 mil por ano.

Claudio Bertode

Formado em Letras pela Universidade de Brasília, Cláudio Bertode é Poeta, Cronista e Educador na Rede Pública e Privada do Estado de Goiás.