EU SOU POLITIZADO: SUA OPINIÃO NÃO VALE NADA

          O verdadeiro problema é simples: somos todos donos da verdade e pronto. Somos uma nação de pessoas que viveram tanto tempo em regimes ditatoriais (Colônia, Monarquia, Império, falsa República de Deodoro, Café com leite, voto de cabresto, Era vargas, Regime Militar) que não tivemos tempo de aprender a usar a liberdade de expressão, mas acima de tudo não aprendemos que o outro também pensa e que nesse ato de pensar, esse outro é capaz de ter visões e verdades em termos de ideais diferentes dos nossos.

        Não aprendemos ainda a olhar os vários lados de um problema, analisar as diversas premissas, respeitar o contra-argumento e valorizar o argumento alheio, mesmo que não concordemos com ele.

        Nossa verdade é tão absoluta que se encontramos pela frente quem nos contrarie em termos de conceitos políticos, chegamos ao cúmulo de um médico negar atendimento a uma criança doente, uma vez que a mãe tem visão política diferente do que esse profissional estabeleceu como única visão da verdade política do país. Nem importa dizer que a criança não tem culpa das escolhas e convicções da mãe.

           Somos politizados e civilizados desde que todos concordem com nosso ponto de vista. Não aceitamos nem uma virgulazinha que contrarie nossa sabedoria política. Nem adianta provas cabais de que não estamos tão certos assim e que caberia uma análise mais ampla da situação do país.

Tomara que num futuro próximo, outras gerações sejam capazes de aprender a conviver. Aprender a aceitar o diferente, aceitar que somos um país de diversidade, seja religiosa, sejam ideais políticos, sejam em termos de cultura, cor de pele. Que essas novas gerações nos mostrem o quanto de mal estamos fazendo uns para os outros nesse momento tão conturbado de nossa pátria.

Claudio Bertode

Formado em Letras pela Universidade de Brasília, Cláudio Bertode é Poeta, Cronista e Educador na Rede Pública e Privada do Estado de Goiás.